Em 13/09/2020 às 23h29


Ramon exalta vitória no clássico e prega respeito ao Botafogo na Copa do Brasil

Por: Matheus Babo

São Januário, Rio de Janeiro

Depois de um resultado ruim no meio de semana, o Vasco reagiu rápido e conseguiu uma grande vitória neste domingo (13/9), diante do Botafogo, no Nilton Santos. O técnico Ramon Menezes exaltou a postura do time no confronto e analisou a movimentada partida e ressaltou a importância da vitória que deixou o Cruzmaltino na quarta colocação da classificação do Campeonato Brasileiro.

image
Ramon exaltou a postura dos jogadores no clássico (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

- É muito bom ganhar, ter uma sequência de vitórias, ficar entre os primeiros da tabela. O Brasileirão é muito difícil, muito equilibrado. Fizemos um clássico diante de um grande adversário e foi só a primeira final que teremos contra eles, por outra competição. Todos os jogos tem sua importância, são decisivos e nós vamos entrar em campo com esse pensamento. O Botafogo foi mais um que respeitamos muito. Eles tem os dois lados do campo com muita força. Três zagueiros, praticamente com uma saída de 3-4-3, com o objetivo de levar sempre cinco jogadores no terço final. Sabíamos dessa dificuldades. A entrada do Ribamar ele já merecia. Todas as vezes que ele tem entrado, o entendimento dele com o Cano tem sido bom. Ele foi bem, marcou seu gol, nos ajudou muito. Gostei muito do que ele apresentou - disse o treinador.

Ramon ainda falou sobre os próximos encontros com o mesmo adversário. O comandante vascaíno não poupou elogios ao Botafogo e reforçou que a vitória deste domingo (13/9), foi apenas a primeira final entre os dois times, que ainda se encontrarão por mais duas oportunidades, em jogo válido pela quarta fase da Copa do Brasil:



- Um respeito muito grande pelo adversário. É um grande adversário. Muito bem treinado, com ótimos jogadores. Tem uma ideia de jogo muito interessante. Foi só o primeiro jogo de três finais que teremos pela frente. Dedico, como sempre, a vitória para os atletas. O espírito, a atitude. Os jogadores foram excepcionais. O Marcos Júnior é um jogador que conta com a minha confiança. Ano passado ele foi peça importantíssima. Deu o equilíbrio do setor de meio-campo com o Richard e com o Raul. Trabalhou muito, esperou sua oportunidade. Entendeu que quando tivesse a oportunidade, teria que agarrar. Fico feliz pela atuação dele e de todos os jogadores.

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: