Em 22/01/2019 às 12h47


Bial reencontra xodó da carreira, mas confia em vitória vascaína no NBB

Por: Matheus Babo

São Januário, Rio de Janeiro

A evolução do Vasco no NBB é clara. O time vem fazendo bons jogos desde o retorno da competição e o técnico Alberto Bial credita esse bom desempenho as chegadas do armador Deonta Stocks e do pivô Caio Torres, que fortaleceram o elenco e deram mais opções ao treinador. Para o duelo diante do Basquete Cearense, nesta quinta-feira (24/1), às 19h, em São Januário, Bial confia em mais uma grande atuação.

image
Bial acredita em vitória vascaína na quinta-feira (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

- Sem dúvida nenhuma o Caio Torres e o Deonta Stocks deram uma qualificação, uma consolidação que faltava a equipe. Isso faz, com o tempo de trabalho, que o amadurecimento e uma evolução que precisávamos. Uma participação boa nos jogos de 2019. A performance do time foi satisfatória. Tanto contra o Bauru, quanto contra Joinville e Franca. Infelizmente os dois jogos em casa nós não conseguimos o resultado. Felizmente atuamos bem e isso me anima muito. Conseguir jogar um bom basquete é muito importantes. Mas no NBB o que vale são os resultados e para isso acontecer é necessário uma confiança e um saber de como fechar jogo, conquistar a vitória. Esse ponto é dentro do mental e do psicológico. Tivemos alguns problemas nessa temporada e atrapalhou nisso. Mas já resgatamos. Espero que venham bons resultados, principalmente em um confronto direto - disse.

Vasco e Basquete Cearense estão com campanhas bem parecidas na competição. Ambos conquistaram cinco vitórias e lutaram por vaga nos playoffs. O adversário desta quinta-feira faz parte da vida do treinador vascaíno Alberto Bial, que classifica o Carcará como o grande projeto da sua vida. Apesar disso, Bial ressalta que hoje vesta a camisa do Gigante do Basquete, onde já foi muito vencedor, e por isso não deixará o carinho pelos cearenses entrar em quadra:

image
Alberto Bial foi homenageado pelo adversário no primeiro turno (Foto: Stephen Eilert/Basquete Cearense)

- É talvez o grande projeto da minha vida. O Basquete Cearense está guardado no meu coração. Sou muito emotivo, mas nesse momento o profissional sobrepõe. Na nossa vida o que nos sustenta é essa base profissional. A entrega, o compromisso, daquilo que nos pertence. É o que estamos nos entregando este momento. Que é o Vasco da Gama, que me dá um amor enorme e hoje só tenho olhos para o meu time. Não vou deixar ter nenhum abalo emocional e conduzirei o Vasco a vitória tão esperada.

Comente essa notícia

Videos

#JamaisTerásACruz

desenvolvido por: