Em 14/01/2019 às 20h32


Vasco vence o Joinville fora de casa pelo NBB

Por: Matheus Babo

São Januário, Rio de Janeiro

O Vasco venceu o Joinville/AABJ por 92 a 81 nesta segunda-feira (14/1), no Centreventos Cau Hansen, e encerrou uma série negativa no NBB. Esta foi a quinta vitória do Cruzmaltino na competição. O destaque vascaíno no jogo foi o pivô Caio Torres, que marcou 17 pontos e pegou 9 rebotes.

O próximo compromisso do Cruzmaltino na competição será nesta quinta-feira (17/1), diante do Franca, às 19h, em São Januário. O Facebook oficial do NBB transmite a partida ao vivo.

image
Vithinho leva o Vasco para o ataque (Foto: Divulgação/Joinville/AABJ)

O JOGO

O Gigante do Basquete começou com o quinteto Vithinho, Stocks, Duda, Gemerson e Lupa. O primeiro quarto foi dominado pelo Cruzmaltino. Com boas atuações do americano Stocks e de Duda Machado nos arremessos, Gemerson bem nos rebotes e Vithinho nas assistências, o time abriu boa vantagem: 23 a 10.

No segundo quarto, o equilibrio foi maior. O Vasco melhorou o desempenho no ataque, contando com dia inspirado de Stocks, mas as bolas do Joinville/AABJ também começaram a cair. Jogador mais eficiente do Cruzmaltino até aqui no NBB, Gemerson tam bém mostrou bom desempenho, assim como Pilar, que entrou e anotou cinco pontos só no segundo período. O Vasco fechou o quarto vencendo por 25 a 22 e o primeiro tempo com 48 a 32.

Com boa vantagem no placar, Alberto Bial aproveitou para rodar o time, dando minutagem e vendo o bom desempenho de nomes como Rafa Oliveira, que conseguiu cinco pontos consecutivos e boa assistência para Caio Torres. A mão boa de Duda voltou afiada e a vantagem que havia caído no início do período, voltou a ser confortável graças a Duda, que matou bolas de três pontos. O Gigante fechou o quarto com 22 a 20, placar geral: 70 a 52.

No último período, o Joinville cresceu de produção, baixando a vantagem para nove pontos restando 7m58s. Empurrado pela torcida, o Joinville/AABJ encostou no placar restando 4m03s, ficando apenas quatro pontos atrás, graças a boa atuação de Vezarinho. O Vasco passou a ter um desempenho pior no ataque, mas o pivô Caio Torres chamou a responsabilidade e deixou o time com 11 pontos de vantagem a 2m03s pro fim do jogo. Restando pouco mais de um minuto, Vithinho matou uma bola de três e tranquilizou de vez o Vasco, que administrou o placar. No fim, vitória vascaína por 92 a 81.

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: