Em 20/09/2015 às 17h53


Vasco vence Sport e escreve novo capítulo de sua virada no Brasileiro

Por: Carlos Gregório Júnior

image
Jogadores vascaínos comemoram gol marcado por Nenê- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Mais um capítulo da virada vascaína no Campeonato Brasileiro foi escrito na tarde deste domingo (20/09) no Estádio Maracanã. Pela 27ª rodada da competição nacional, o Gigante da Colina derrotou o Sport Recife por 2 a 1, chegou aos 23 pontos e subiu mais um degrau na tabela de classificação. O clube de São Januário ultrapassou o Joinville (SC), que pela manhã perdeu para o Goiás fora de casa.

Invicto há quatro rodadas, o Vasco da Gama volta a atuar na próxima quarta-feira (23), às 22 horas, contra o São Paulo. Válido pelas quartas de final da Copa do Brasil, o duelo será disputado no Estádio Morumbi. Pelo Brasileirão, o Almirante só retorna aos gramados no domingo (27), novamente às 16 horas, para enfrentar o Flamengo. O "Clássico dos Milhões" acontecerá no Maracanã.

O JOGO

Não poderia ter sido melhor o começo da partida para o Vasco da Gama. O Gigante da Colina abriu o placar logo no minuto inicial, em sua primeira investida. Na ocasião, Andrezinho executou um lindo lançamento para Madson, que invadiu a área e tocou para trás. A bola desviou na zaga e foi ao encontro de Nenê. Demonstrando categoria, o camisa 10 finalizou com perfeição e venceu o goleiro Danilo Fernandes: VASCO 1 x 0. O gol empolgou o clube de São Januário. Aos nove minutos, Nenê cobrou falta e Serginho cabeceou para o fundo das redes. O tento, porém, foi anulado pela arbitragem.

image
Nenê abriu o placar no primeiro ataque da partida

O jogo seguiu sendo controlado pelo Almirante. Aos 11 minutos, Bruno Gallo enfiou uma bonita bola para Rafael Silva. Xodó da torcida, o atacante invadiu a área e tocou por cima do goleiro. Para a infelicidade dos vascaínos presentes no Maracanã, a gorduchinha foi para fora. Recuado, o Sport só começou a incomodar a partir dos 14 minutos, quando Marlone arriscou da intermediária e obrigou Martín Silva a fazer uma excepcional defesa. O Vasco respondeu em seguida através de um forte chute de Nenê.

A equipe de Recife se tornou mais presente no ataque na segunda metade do primeiro tempo. Matheus Ferraz, aos 28, e André, aos 29, cabecearam com perigo após bolas alçadas por Marlone. Grande destaque do Sport na partida, Marlone voltou a aparecera aos 39 minutos. Com um belo lançamento, o camisa 8 deixou Elber na cara a cara com Martín Silva e ele não desperdiçou: SPORT 1 x 1.  O gol de empate fez bem ao Sport, que passou a acreditar que poderia passar à frente no marcador.

O rubro-negro iniciou o segundo tempo partindo para cima. Logo no primeiro minuto, Maikon Leite chutou cruzado para boa defesa de Martín Silva. A resposta do Vasco veio três minutos depois, e em grande estilo. Aos quatro, Andrezinho cobrou escanteio e Rafael Vaz desviou de cabeça para marcar o segundo gol cruzmaltino: VASCO 2 x 1. O placar por pouco não foi ampliado aos nove, quando Rafael Silva aplicou um lençol em Ferrugem e jogou por cima do gol. Um pouco antes, Martín Silva evitou gol de André, em cobrança de falta.

image
Andrezinho voltou a fazer uma boa apresentação com a camisa vascaína

Em desvantagem no placar, o Sport seguiu levando perigo. Aos 20 minutos, Ferrugem cruzou e Hernane Brocador cabeceou em cima do camisa 1 vascaíno. Outro que tentou e não conseguiu vencer o arqueiro uruguaio foi André. O atacante recebeu de Marlone aos 24 minutos e chutou por cima do gol. Recuado em grande parte do segundo tempo, o Vasco desperdiçou uma grande oportunidade aos 30 minutos. Na ocasião, Nenê serviu Herrera e o viu acertar a trave. No rebote, o camisa 10 mandou para fora.

Nos 15 minutos finais, a emoção tomou conta do Maracanã. Apoiado por seu torcedor, o Gigante da Colina demonstrou garra, bravura, e se segurou como pôde. A dedicação de todo o grupo surtiu efeito, e o clube de São Januário conseguiu evitar que as bolas alçadas pelo Sport fossem transformadas em gol. O cruzmaltino também teve chances, em especial com Herrera, mas não conseguiu ser eficiente.

FICHA TÉCNICA
VASCO DA GAMA 2 X 1 SPORT RECIFE
Campeonato Brasileiro- 27ª rodada

Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Marcio Eustaquio Santiago (SC)
Público presente: 22.227 torcedores 
Público pagante: 19.128 torcedores
Renda: 591.020,00 reais
Gols: Nenê (1 do 1º tempo); Elber (39' do 1º tempo); Rafael Vaz (4' do 2º tempo);
Cartões amarelos: Rafael Vaz, Serginho (Vasco); Renê (Sport Recife)

VASCO: Martín Silva, Madson, Luan, Rafael Vaz e Julio César; Serginho (Jomar), Bruno Gallo, Andrezinho e Nenê (Lucas); Rafael Silva (Herrera) e Leandrão. Treinador: Jorginho.

SPORT:
Danilo Fernandes, Ferrugem, Matheus Ferraz, Durval e Renê (Danilo); Elber, Rithely, Marlone, Maikon Leite  (Hernane Brocador), Neto Moura (Régis) e André. Treinador: Daniel Paulista.

image
Rafael Silva infernizou a defesa do Sport no Maraca- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Comente essa notícia

Videos

Bastidores | Vasco 2 x 0 São Paulo | Brasileirão 2018

desenvolvido por: