Em 14/08/2014 às 15h44


Com empenho e alegria, Sthephanie virou referência no Vasco

Por: Vasco.com.br

Sthephanie, camisa 10 da equipe sub-17 do Vasco - Foto: Carlos Gregório Jr - Vasco.com.br

O início de julho foi especial para a equipe feminina sub-17 do Vasco da Gama. Campeão do Mundo em 2012, o juvenil cruz-maltino conquistou pela quarta vez consecutiva o título da Taça Cidade de Nova Iguaçu. Para alcançar esse enorme feito, o clube de São Januário superou na grande decisão o Botafogo, equipe que também havia derrotado na última conquista, em 2013.

Uma das grandes responsáveis por esse excelente momento vivido pelo time comandado pelo treinador Anthony Menezes é a meio-campista Sthephanie Silva. Embora não seja tão visada como as outras colegas, a jovem possui um papel importante dentro das quatro linhas. É ela a grande responsável por fazer a bola chegar com qualidade no campo de ataque. 

- Ela é uma atleta dedicada e que sabe o que quer dentro do futebol. Ela se doa dentro de campo nas armações de jogadas da equipe. Estamos tentando fazer com que ela possa chegar um pouco mais na área para finalizar de longa e média distância. Ela não precisa se preocupar apenas com a armação das jogadas, pois possui qualidade para decidir partidas. A comissão confia bastante nela - afirmou o técnico. 

Além de contribuir para o melhor desempenho do time dentro de campo, Sthephanie também tem papel fulcral fora dele. Considerada uma das referências do grupo, a camisa 10 é a grande líder da "resenha" e comanda a diversão das companheiras nos dias de treinamento. Companheira nas brincadeiras, a lateral-direita Andressa Cunha falou um pouco sobre a relação do elenco com a armadora.

- A Sthephanie é amiga, conselheira, verdadeira, humilde e super alegre. Não tem um dia que ela não tire um sorriso do grupo. É ela que anima os treinos com dancinhas e piadas. Quem puxa o pagode nas viagens é sempre ela. A Sthephanie é a mais brincalhona, mas também possui uma garra enorme para lutar pelos sonhos dela. Todo nosso grupo tem um carinho enorme por ela - disse Andressinha.

Andressa, Letícia, Sthephanie e Anna Beatriz alegram as viagens do juvenil vascaíno

Aluna do Colégio Vasco da Gama, Sthephanie respira Vasco 

Querida por todos, Sthephanie começou a se apaixonar pelo futebol ainda pequena. Sem saber explicar, a jovem conta que Wallace Assis, seu pai, apareceu na maternidade no dia de seu nascimento com uma bola. Alguns anos depois, devido a um problema em casa, a atual camisa 10 do sub-17 foi brincar numa praça e lá viu pela primeira vez um jogo de futebol. A disputa entre os meninos chamou a atenção da meio-campista, que algumas semanas depois ingressou numa escolinha da modalidade. 

Após um bom tempo atuando com garotos, aos 13 anos, a jovem promessa finalmente passou a jogar ao lado de meninas. Isso só possível devido a entrada do Vasco em sua vida. Em São Januário, a jogadora aprendeu fundamentos, evoluiu como atleta, fez grandes amizades e conquistou inúmeros títulos, o principal deles veio no ano passado. Em Aracaju, Sergipe, a talentosa carioca levantou a taça da 1ª Copa do Brasil Escolar.

- Foi muito bom conquistar esse título. Minha passagem pelo Vasco está sendo ótima. Estou adorando passar meus dias no clube. Jogo aqui desde 2010, mas o ano passado foi o mais marcante para mim. Além de ter uma mega equipe ao meu lado, tive a chance de conquistar todos os campeonatos que disputei. Me sinto muito bem aqui. Fui bem acolhida por todos - declarou a camisa 10.

Sthephanie em ação na decisão contra o Botafogo

Por ser estudante do Colégio Vasco da Gama, a meio-campista passa o dia inteiro na Colina Histórica. A rotina em São Januário faz Sthephanie ter uma ligação muito forte com o Gigante da Colina. Fã de Neymar, dentre outros craques, a garota de 16 anos não esconde a emoção ao falar da sua relação com o cruz-maltino.

- É uma maravilha estudar no Colégio do Vasco. Além de fazer um esporte no clube, eu também posso estudar. Fico o dia inteiro no Vasco e isso é importante para mim. Aprendi muitas coisas no clube maravilhoso e sou grata aos profissionais por isso. Nunca vou deixar de agradecer a todos por terem me acolhido muito bem - relatou.

O enome talento levou Sthephanie a ser utilizada pelo treinador Jorge Barcellos, que já dirigiu o país em Olimpíadas, na equipe adulta. No início da temporada, a armadora chegou a ser titular do time principal. Ainda neste mês de julho, a camisa 10 foi relacionado se destacou num amistoso do Vasco com a Seleção Brasileira sub-20. Com empenho e dedicação, Tefinha, forma como é carinhosamente chamada entre as colegas, se consolidou como uma das maiores joias do futebol feminino vascaíno.

MAIS SOBRE STHEPHANIE SILVA

Nome completo: Sthephanie Silva de Assis

Data de Nascimento: 02/09/1997

Local de Nascimento: Curicica (RJ)

Posição: Meio-campista

Inspiração: Schweinsteiger

Sonho: Vestir a camisa da Seleção Brasileira

Frase: "Faça das suas derrotas a motivaçao para vencer"

Sthephanie, aposta do futebol feminino - Fotos: Carlos Gregório Jr - Vasco.com.br

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: