Em 14/08/2014 às 15h44


Na luta por seu sonho, Leticia Botelho brilha no Vasco

Por: Vasco.com.br

Com dezesseis anos e futebol de gente grande, Letícia Botelho, carinhosamente apelidada de “Lele Bolt”, desponta no sub-17 do Gigante da Colina como uma das grandes promessas da sua atual categoria. Quando chegou ao Vasco em 2011, Leticia  deixou para trás as paradisíacas Cachoeiras de Macacu, onde morava com os pais, para tentar a sorte na incógnita, que é o mundo do futebol feminino.

Destaque da extinta equipe do Fluminense, Leticia Botelho, despertou interesses no técnico da equipe sub-15 do Vasco. Após período de experiência, a meio-campista se firmou no Gigante da Colina e iniciou sua trajetória com o manto cruz-maltino. No sub-15 do time de São Januário, Letícia, começou a conquistar títulos e reconhecimentos de todos dentro do clube.

No ano de 2013, a jovem vascaína, teve uma temporada inesquecível. O Gigante da Colina no ano referido, passou por todos seus adversários, e conquistou a fase regional da Copa Coca-Cola.

Fotos: VASCO.COM.BR

A menina que encarou 100 km de Macacu para o Rio de Janeiro quer seguir um sonho com muitas incertezas e poucas possibilidades, devido à falta de valorização do futebol feminino no Brasil. Após campanha irretocável na fase regional da Copa Coca-Cola, Letícia e suas colegas de clube, levaram o Vasco a etapa nacional da competição, atravessando fronteiras entre a realidade e o sonho. Dessa vez foi de Macacu para São Paulo, e com a missão de fazer história com o nome do Club de Regatas Vasco da Gama.

O título, infelizmente, não veio, mas “Lele Bolt” e suas companheiras, conquistaram um honrado terceiro lugar na competição de base mais importante do Brasil.

Nova no registro de identidade, mas com a maturidade de uma pessoa bem mais velha. A atleta cruz-maltina abriu mão de amigos, familiares e uma vida toda construída em sua cidade natal por um sonho. A vontade de vencer na vida e ir em busca da sua felicidade tem os seus preços.

- Às vezes nós temos que abrir mão das coisas que mais importam. Eu pensei no meu futuro e tive que fazer essa escolha, mas sinto muita falta da família e dos amigos – disse emocionada, a meio-campista Letícia.

Quando você sai de casa, conhece pessoas novas, 'constrói novas famílias' e valoriza os valores existentes. Para a Letícia, surgiu a família Vasco, onde a jogadora encontrou meninas com situações parecidas com a dela.  A destaque do sub-17 cruz-maltino comentou sobre a importância do Club de Regatas Vasco da Gama na sua vida.

- Eu passo a maior parte do meu tempo em São Januário, deixei minha família e vim pra me dedicar melhor nos treinos e na minha carreira. O Vasco é minha uma família que eu ganhei, minha casa é o local a onde eu mantenho meus sonhos vivos – afirmou a jovem de Cachoeira de Macacu.

A camisa 7 do Gigante da Colina é uma das milhares de meninas no mundo, que tentam vencer o preconceito que existe ainda com as mulheres no futebol. No Brasil, o investimento é pouco, principalmente dos grandes clubes nacionais. O Vasco, que é um dos pioneiros e reveladores de grandes talentos para o futebol feminino mundial, tenta prosseguir com poucos investimentos, porém com muita dedicação, a romper barreiras e proporcionar a realização do sonho de centenas de meninas que passam pelos campos de São Januário.

MAIS SOBRE LETICIA

Nome Completo: Leticia Botelho Andrade

Data de Nascimento: 26/03/1998

Local de Nascimento: Cachoeira de Macacu – Rio de Janeiro

Posição: Meio-campo

Categoria: Sub-17

Ídolo: Cristiano Ronaldo

Sonho: Vestir a camisa da seleção brasileira.

Frase: "Depende de você, deixar o sol brilhar!"

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: