Em 14/08/2014 às 15h44


Após conquista mundial, meninas da Colina desembarcam no Rio

Por: Raquel Vieira

Com felicidade no olhar pela conquista inédita de equipe brasileira no IBERCUP sub-17, também conhecido como Mundialito, competição disputada em Estoril, Portugal, as meninas da Colina desembarcaram no Rio de Janeiro, na noite desta segunda-feira (02/07), no Aeroporto do Galeão. As campeãs foram recepcionadas com aplausos de cerca de 100 pessoas, entre familiares, torcedores e atletas do futebol feminino do Vasco.

Responsável em comandar todas as vascaínas, o técnico Gláucio falou das dificuldades no campeonato internacional.

-Olhando nossos resultados pode até parecer que o campeonato foi fácil, mas não foi. Enfrentamos grandes equipes, todos os jogos foram difíceis e conseguimos vencer porque temos uma equipe muito boa. O feminino do Vasco hoje é conhecido no mundo todo – disse Gláucio Carvalho com exclusividade ao site oficial.


Técnico Gláucio Carvalho comandou a conquista do feminino do Vasco em Portugal.

Um dos grandes nomes do campeonato foi Byanca Brasil, a rainha das lambretas, que aplicou seu drible favorito em quase todos os jogos.

- Consegui dar quatro lambretas no Mundialito. A última que dei foi no jogo da final e foi a melhor na minha opinião porque quase saiu gol. Levei para o fundo e a adversária veio para cima de mim, então dei a lambreta e cruzei para a Gabi, que infelizmente perdeu o gol – lembra a atacante Byanca Brasil.

O Gigante da Colina conquistou o IBERCUP 2012 com a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético de Madrid da Espanha. O gol da vitória foi marcado pela meia e capitã do time, Ana Clara.

- Trabalhamos muito para chegar bem preparadas no campeonato e o resultado do nosso esforço é o titulo inédito de uma equipe brasileira. Estamos muito felizes pela conquista e temos que comemorar – comentou Ana Clara.


Ana Clara recebe o carinho da mãe Ana Cláudia.

A meia Brena destacou o espírito de superação do Vasco.

- Enfrentamos equipes boas e as meninas eram muito altas. Tivemos dificuldades durante todo o campeonato, principalmente na final, onde ganhamos pelo placar apertado de 1 a 0. Apesar das dificuldades, nosso time estava muito focado e conseguimos trazer este título inédito para o Brasil. Superamos todas as dificuldades e conseguimos um título que só o Vasco tem no Brasil – frisou a camisa 10.


Da esquerda para a direita: Gláucio (técnico), Rose de Sá (supervisora) e Brena Carolina.

Para a lateral-esquerda Juliana, de 17 anos, que está no Vasco há sete anos, a emoção da conquista é indescritível.

- A sensação de ser campeã do mundo é muito boa. Nunca passei por nada parecido. Representamos em Portugal a nossa instituição, todas as meninas que não viajaram e a nossa grande torcida. Fico feliz por esta conquista e graças a Deus consegui chegar ao título – comemora Juliana.

Outra alegria que as vascaínas vão vivenciar nos próximos dias será no dia 11 de julho, em São Januário. As meninas da Colina darão volta olímpica no estádio, antes do jogo entre Vasco e Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro.


O preparador físico Paulo Neves puxou o Trem-Bala dos campeões.


O Vasco atuou diante do Atlético Madrid com a seguinte formação: 1-Keissyane, 2-Rafaela, 3-Elaine, 4-Isabela e 6-Juliana (15-Byanca Nohana); 5-Raisa, 7-Ana Clara, 8-Leilane e 10-Brena; 9-Byanca Brasil e 11-Gabrielly.
Suplentes: 12-Ana Beatriz, 13-Karla, 14-Joyce, 15-Karine Serra, 17-Letícia, 18-Rayssa Neres e 19-Jéssica.

Atletas que não viajaram para Portugal, mas fazem parte do grupo: Vanessa, Bruna Bielski, Thaynara Ferraz e Gabriela Rolemberg, essas duas últimas estão a serviço da Seleção Brasileira sub-20.

Comissão técnica: diretores: Tadeu e Ademir, supervisora Rose de Sá, técnico Glaucio Carvalho, preparador físico Paulo Neves, fisioterapeuta Marcos, massagista Marcos Raimundo, preparador de goleiros Charles Ubirajara, médico Rômulo.

As cruz-maltinas tiveram na competição o apoio do Vasco, do presidente Roberto Dinamite, do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, do secretário de Esportes e Lazer do Rio de Janeiro, Romário Galvão e de Sérgio Tavares, proprietário do Sítio Chaminé, local onde as atletas realizaram a intertemporada de preparação para o Mundial.

Confira a campanha das Meninas da Colina:

Fase inicial:
Vasco 10x0 San Julians da Inglaterra
Vasco 3x0 Aik da Suécia
Vasco 1x0 Vitória de Setubal

Quartas de final:
Vasco 6x0 Porto de Portugal

Semifinal:
Vasco 4x1 FH da Finlândia

Final:
Vasco 1x0 Atlético de Madrid da Espanha


Mãe da lateral-esquerda Juliana exibe sua mensagem de carinho.


Vários pais levaram faixas de apoio aos filhos. Fotos: Raquel Vieira/Vasco.com.br

 

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: