Em 02/09/2020 às 21h32


Vasco empata com o Santos na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro

Por: Matheus Babo

São Januário, Rio de Janeiro

O Vasco empatou em 2 a 2 com o Santos, nesta quarta-feira (2/9), na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. Os gols vascaínos foram marcados por Fellipe Bastos e Germán Cano. O próximo compromisso do Gigante da Colina na competição será neste domingo (6/9), diante do Athletico-PR, às 18h, em São Januário.

image
Fellipe Bastos comemora o quarto gol dele no Brasileirão (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O JOGO

O Vasco começou com tudo. Com 11 segundos, Cano roubou a bola no ataque e soltou a bomba da entrada da área, que explodiu no travessão. Aos 5 minutos, Miranda lançou Juninho na direita, que foi ao fundo e tentou o cruzamento para Cano, mas a zaga afastou. Aos 12, Miranda arrancou do campo de defesa até a área e tentou o chute, mas foi travado pela defesa. Aos 21, o adversário abriu o placar: 1 a 0. Aos 31, Ygor avançou pela esquerda e tentou o cruzamento, mas a bola correu demais.

Aos 35, o time chegou na bola parada. Benítez tentou o cruzamento fechado, mas exagerou na força. Aos 40, Juninho tentou Bastos na área, a zaga afastou e Pikachu pegou a sobra, tentando o giro, que desviou na zaga e saiu em escanteio. Na bola alçada na área, Ygor desviou e Fellipe Bastos girou bonito, de canhota para empatar: 1 a 1. Inicialmente, a arbitragem anulou, mas o VAR mostrou que o camisa 8 estava em posição legal e validou.

image
Cano vibra com mais um gol dele no Brasileirão (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

A primeira boa chance do Vasco na segunda etapa foi aos 7. Cano recebeu em profundidade e tocou pra trás, Fellipe Bastos dividiu e a bola sobrou para Andrey, que tentou o chute colocando, mandando bem perto do gol. Aos 14, o adversário desempatou em cobrança de falta: 2 a 1. Aos 22, após levantamento em escanteio, a bola bateu no braço do zagueiro santista. Pênalti marcado pelo VAR que Germán Cano cobrou aos 26 e conferiu: 2 a 2.

Aos 34, Ribamar recebeu de Bruno César, canetou o zagueiro e tentou o chute, mas a zaga acabou travando o camisa 9 antes dele completar. Aos 39, Bruno César tocou em Bastos na entrada da área. O camisa 8 pegou de canhota, mascado, e o goleiro acabou defendendo. Aos 50, o Vasco puxou contra-ataque e Parede deixou Ribamar na boa. O atacante perdeu a passada e tocou em Carlinhos, que tentou de canhota e mandou muito perto do gol.



FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 2 VASCO

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/hora: 02/09/2020, às 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Hélton Nunes (SC) e Éder Alexandre (SC)
Árbitro de vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: Jobson e Diego Pituca (Santos); Miranda (Vasco)

GOLS: 1-0 Lucas Veríssimo (21'/2T); 1-1 Fellipe Bastos (41'/2T); 2-1 Marinho (14'/2T); 2-2 Cano (28'/2T)

SANTOS: João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Alison (Lucas Braga, 45'/2T) e Felipe Jonatan (Jean Mota, 35'/2T) (Arthur Gomes, 37'/2T); Jobson (Luan Peres, intervalo), Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Raniel (Kaio Jorge, 35'/2T) e Soteldo. Técnico: Cuca.

VASCO: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Marcelo Alves, Miranda e Henrique; Andrey, Fellipe Bastos (Carlinhos, 44'/2T), Juninho (Lucas Ribamar, 17'/2T), Martin Benitez (Neto Borges, 44'/2T) e Ygor (Bruno César, 29'/2T); Germán Cano (Guilhereme Paredes, 29'/2T). Técnico: Ramon Menezes. 

image
Ygor foi eleito o melhor em campo na transmissão da Rede Globo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)



Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: