Em 10/02/2020 às 15h43


Fernando Miguel pede atenção para estreia na Copa do Brasil e fala em manter padrão de jogo

Por: Breno Prata*

São Januário, Rio de Janeiro

Após a vitória diante por 3 a 2 sobre Portuguesa, o Gigante da Colina muda o foco para a Copa do Brasil. Campeão em 2011, o Vasco encara essa competição como uma das maiores ambições do ano e para isso, começa sua caminhada nesta quarta-feira (12/2), diante do Altos-PI, às 21h30, no Estádio Albertão. Ao final da última partida o goleiro Fernando Miguel falou sobre as oportunidades de matar o jogo o mais rápido possível e pediu mais tranquilidade para vencer os compromissos.   

image
Goleiro é um dos nomes mais experientes do elenco vascaíno (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

- A gente tem ambição grande, vamos agora para a primeira fase da Copa do Brasil, mas precisamos ter concentração, lucidez, tranquilidade e equilíbrio para simplificar mais as partidas. Quando não mata jogo o adversário cresce. Se inflama e complica. Mas hoje criamos volume de oportunidade convincente, mas precisamos de tranquilidade para vencer a partida - disse Fernando Miguel 

Com duas vitórias seguidas e com bom retrospecto de partidas no estado do Piauí, o Vasco chega embalado para sua estreia. A última partida do Cruzmaltino pela Copa do Brasil, no mesmo estado, ocorreu em 2009 e contou com uma goleada do Gigante da Colina por 4 a 1 diante do Flamengo-PI. Questionado sobre como seria a postura da equipe na estreia da competição, Fernando Miguel pediu para equipe manter o padrão de atuação, até mesmo para não serem surpreendidos e falou ainda sobre atenção e respeito que a Copa do Brasil merece.  

- A gente precisa pensar jogo a jogo. Como disse, criamos volume interessante de oportunidade de gols. Para a Copa do Brasil temos que manter o padrão de atuação com equilíbrio e lucidez na frente e atrás para não ser surpreendido. Temos que ir com toda a atenção e respeito que a Copa do Brasil merece.

*Estagiário sob supervisão de Matheus Babo

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: