Em 11/06/2019 às 10h38


Fellipe Bastos celebra marca de 150 jogos pelo Vasco

Por: Carlos Gregório Júnior

CT do Almirante, Vargem Pequena (RJ)

Integrante do elenco campeão da Copa do Brasil na temporada de 2011, Fellipe Bastos completou uma marca bastante expressiva com a camisa cruzmaltina na semana passada. Na vitória contra o Internacional, obtida dentro de São Januário, o volante atingiu os 150 jogos pelo Vasco da Gama, clube do seu coração e onde teve a oportunidade de escrever alguns dos capítulos mais felizes da carreira.  

image
Fellipe Bastos em ação pelo Vasco no Campeonato Brasileiro- Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Além de participar da inédita conquista nacional, sendo autor, inclusive, do primeiro gol vascaíno dentro da competição, Fellipe Bastos realizou o sonho de atuar ao lado do ídolo, o Maestro Felipe, e de ser  protagonista em jogos de grande apelo, como clássicos nacionais e partidas da Conmebol Libertadores, a principal competição do continente sul-americano.

- Importante chegar nessa marca. É muito difícil completar 150 jogos nos dias de hoje. Me veio na cabeça minha primeira partida, onde também saiu meu primeiro gol. Foi um dia muito especial, pois pude atingir essa marca pelo clube que abriu as portas para mim no Brasil, um clube que me recebeu de braços abertos e onde ganhei meu primeiro título aqui no país. Atingir esse número alto de partidas foi a realização de um sonho para mim - disse o camisa 6.

Embora valorize cada uma das 150 atuações pelo Gigante da Colina, Fellipe Bastos coloca três partidas como as mais especiais. Além da estreia contra o Ceará, em 2010, o volante citou o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil, em São Januário, e o compromisso contra o Alianza Lima, no Peru, pela Conmebol Libertadores. Em dois deles, vale ressaltar, o camisa 6 balançou as redes.

- Todas as partidas que atuei com essa camisa foram especiais, mas algumas tiveram uma importância maior, como a primeira partida da final da Copa do Brasil, em São Januário. Ganhamos por 1 a 0 e levamos o resultado para Coritiba. Foi um título que o clube não tinha, algo inédito também para o grupo de jogadores, num momento que o Vasco precisava de uma grande conquista - relembrou o jogador, complementando na sequência.

image
Ao lado de Dedé e Rômulo, Fellipe Bastos "homenageia" o técnico Ricardo Gomes após o inédito título da Copa do Brasil em 2011- Foto: Marcelo Sadio/Vasco.com.br
  

- Outro jogo foi contra o Alianza Lima, lá no Peru, pela Libertadores. Fiz dois gols bonitos e ajudei nossa equipe a classificar para a fase seguinte. Também teve a partida de estreia contra o Ceará, quando também fiz meu primeiro gol  - afirmou o volante, que agora tem como meta contribuir para o crescimento vascaíno dentro do Brasileirão. Por coincidência, o próximo desafio é na quinta (13), às 19h15, contra o Ceará.

- Importantíssima essa partida. Precisamos terminar bem antes da Copa América e nada melhor que fazer isso diante do nosso torcedor, dentro da nossa casa. Será um jogo difícil, o Ceará é um adversário qualificado, mas iremos atuar em São Januário e temos que mandar no jogo, conquistar vitórias, até se trata de um confronto contra um time que é nosso adversário direto no momento. Queremos esse segundo resultado positivo para embalarmos na competição e também dentro da nossa casa - finalizou Fellipe Bastos.

Imagens da trajetória de Fellipe Bastos pelo Vasco (Fotos: Marcelo Sadio/Vasco.com.br):

Comente essa notícia

Videos

#JamaisTerásACruz

desenvolvido por: