Em 06/10/2015 às 12h00


Maria Eduarda é uma das apostas do Vasco para o Campeonato Carioca sub-17

Por: Marcella Macedo

image
Maria Eduarda, a Duda, é uma das promessas do sub-17- Fotos: Carlos Gregório Jr-Vasco.com.br

A equipe feminina sub-17 vem dando orgulho para o Vasco da Gama já faz algum tempo. O Gigante da Colina foi o clube carioca que mais conquistou títulos expressivos nesta categoria nos últimos quatro anos. A Copa do Brasil Escolar de 2013 está entre os campeonatos vencidos neste período.

O trabalho desenvolvido não tem colocado o cruzmaltino apenas no lugar mais alto do pódio, mas tem contribuído para a construção do futuro do país no esporte revelando jovens promissoras. Maria Eduarda Zimmaro é uma delas. A jovem chegou ao clube há dois anos, mas iniciou sua trajetória quando possuía apenas seis anos de idade.

- Sempre fui amiga de meninos, então comecei a jogar desde muito pequena. O futebol me encantou, com isso acabei entrando em uma escolinha de futsal. Lá eu aprendi a jogar e fiquei até meus 13 anos. Eu tinha o sonho de jogar em um time grande, em especial no Vasco, que sempre teve uma excelente reputação e ganhava todos os campeonatos - frisou.

Dona de excelentes chutes, passes e de uma visão de jogo sem igual, a vascaína, que é fã de Cristiano Ronaldo e Formiga, sempre quis ser federada. O que era sonho passou a se tornar realidade quando o Vasco abriu inscrições para peneiras no ano passado. A jovem foi aprovada e passou a integrar o sub-15.

- Resolvi me inscrever na peneira e deixei minha documentação aqui. Depois de um tempo, recebi a ligação dizendo para vir ao clube fazer o teste. Vim, passei na primeira fase e acabei ficando. Só que eu estudava de noite, isso acabou me atrapalhando bastante, não conseguia treinar direito e nem ir aos jogos. Resolvi esse problema neste ano e estou muito feliz - afirmou a jogadora.

Com 16 anos, Duda, como é chamada pelas companheiras de time, já é considerada promessa em São Januário. Moradora do bairro da Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, a garota ainda vem se descobrindo dentro das quatro linhas.

- Subi de categoria no final do ano passado, foi quando comecei a trabalhar com o meu treinador Tony. Ele me ensinou muito e me ajudou a crescer. Ganhei espaço no time agora, depois de ter jogado na lateral. Me encontrei na posição, gostei bastante e venho fazendo um bom trabalho. Sou extremamente dedicada, tento sempre fazer o diferencial, dar o meu melhor - enfatizou a jovem.

A garota tem como sonho paralelo ao futebol ser juíza federal e teve sua primeira conquista recentemente no esporte no Torneio de Laranjal, realizado em setembro em Minas Gerais. Maria Eduarda será uma das armas vascaínas no Campeonato Carioca sub-17, que será disputado neste segundo semestre.

- É uma felicidade indescritível vestir uma camisa com tamanha expressão no futebol brasileiro como essa. Batalhei muito para isso. O troféu faz com que a gente ganhe um pouco de visibilidade, mas ainda tem muita coisa para melhorar. Torço demais para o crescimento do futebol feminino, quero que as pessoas acreditem e invistam mais na gente. Só nós sabemos as dificuldades que enfrentamos. Temos tudo para representar muito bem o nosso país - destacou.

image
Maria Eduarda se destacou no Torneio de Laranjal- Foto: Carlos Gregório Jr-Vasco.com.br

Comente essa notícia

Videos

Rolé no Rio - Leandro Castan

desenvolvido por: