Em 17/05/2018 às 14h13


Breno projeta jogo com o Flamengo e avalia momento da defesa

Por: Carlos Gregório Júnior

CT das Vargens, Rio

Mais uma página da história de um dos maiores clássicos do futebol brasileiro será escrita no próximo sábado (19/05). No Maracanã, às 19 horas, Vasco e Flamengo se enfrentam pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Para fazer bonito e se manter nas primeiras colocações da competição, o Gigante da Colina vem trabalhando forte durante a semana. A preparação teve mais uma etapa finalizada na manhã desta quinta (17).

image
Breno durante suando a camisa no CT das Vargens- Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Contando com grande parte do grupo à sua disposição, o treinador Zé Ricardo promoveu uma atividade tática, com intuito de aprimorar a estratégia traçada para o duelo com o Rubro-Negro. A equipe titular ainda não foi definida, porém há grandes possibilidades de Breno ser mantido entre os 11 iniciais. Após a penúltima atividade voltada para o "Clássico dos Milhões", o zagueiro concedeu entrevista coletiva e avaliou o momento cruzmaltino na temporada.

- É bom encarar um jogo dessa importância num momento como esse, que precisamos de uma vitória. O Flamengo ganhou ontem, mas também perderam o último jogo pelo Brasileiro. Clássico não tem favorito, cada equipe tem 50% de chances de vencer. Tivemos uma semana inteira para trabalhar e acredito que estamos preparados para buscar o resultado positivo. Uma vitória será importante também para aumentar nossa moral para o jogo contra a La U, que vale uma vaga para a Copa Sul-Americana - afirmou o camisa 4.

Diante do Vitória, Breno viveu a emoção de retornar aos gramados após uma grave lesão no joelho. A chance de voltar a fazer o que mais ama foi bastante festejada pelo defensor, que admitiu durante o bate-papo com os jornalistas que o rendimento defensivo ainda não é o ideal. O experiente jogador, entretanto, lembrou que a evolução não acontecerá de uma hora para outra. É preciso tempo para o Vasco ter a solidez apresentada no ano passado.

- A defesa também vinha sendo criticada no ano passado pelo rendimento. Estávamos encontrando dificuldade lá atrás, mas com muito trabalho diário e dedicação nos treinamentos, conseguimos encaixar uma estratégia e passamos a sofrer menos gols. Tiveram jogos que passamos em branco. O segredo para mudar é o trabalho e tempo. As coisas não vão se ajustar de uma hora para outra. A culpa dos gols sofridos não é apenas dos defensores, mas sim de todos que estão em campo - declarou Breno.

Comente essa notícia

Videos

Treino, 18/05/2018

desenvolvido por: