Em 26/04/2018 às 23h36


Vasco empata com o Racing pela Conmebol Libertadores

Por: Sarah Borborema

São Januário, Rio

A equipe do Vasco da Gama entrou em campo na noite desta quinta-feira (26/04), em São Januário, diante do Racing, em mais um compromisso pela fase de grupos da Conmebol Libertadores. O duelo, marcado pela entrega do Gigante da Colina, terminou com igualdade no placar, em 1 a 1. O gol do Cruzmaltino foi marcado pelo meio-campista Wagner. 

O time comandado por Zé Ricardo volta ao gramado na próxima quarta-feira (02/05), diante do Cruzeiro, buscando sua primeira vitória nesta fase da Libertadores. O duelo será disputado em São Januário, às 21h45.

image
Thiago Galhardo em investida vascaína no duelo - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O JOGO

A primeira chance do Vasco na partida aconteceu logo aos cinco minutos, quando Wagner cruzou e a zaga do Racing afastou mal. No rebote, Rildo tentou de bicicleta e a bola acabou saindo pela linha de fundo. Mais tarde, aos 18, o time adversário cobrou falta com perigo e mandou por cima do gol de Martín Silva. Na sequência, a cobrança foi para o lado do Cruzmaltino. Pikachu cobrou, houve desvio na primeira trave e Andrés Ríos tentou o cabeceiou, porém, acabou parado pelo camisa 1 argentino. Aos 31, no contra-ataque, Laurato Martínez marcou: Racing 1 a 0.

Na volta para o segundo tempo, o Gigante da Colina seguiu buscando igualar o placar. Logo no primeiro minuto, Henrique cruzou para a área, Musso saiu mal, e Werley cabeceou muito perto da meta adversária. Aos nove, Pikachu cobrou falta e a zaga do Racing não conseguiu afastar. Soto tentou o desvio e acabou tirando tinta da própria trave. Mais tarde, aos 32, Laurato Martínez aproveitou o contra-ataque e ficou frente a frente como Martín Silva, mas foi parado pela defesa segura do uruguaio. 

image
Pikachu puxa contra-ataque para o Gigante - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Com um atleta a menos em campo, após a expulsão do volante Desábato, o Cruzmaltino seguia muito empenhado em buscar o resultado. A dedicação foi coroada aos 35 minutos, quando Thiago Galhardo deu boa bola para Andrés Ríos finalizar. No rebote, Wagner não perdoou e mandou uma bomba no fundo da rede: VASCO 1 a 1. Aos 42, o goleiro Musso precisou operar um verdadeiro milagre para evitar a virada do Gigante. Bruno Silva deu bom passe para Pikachu bater rasteiro e levar muito perigo para a meta do Racing.

Comente essa notícia

Videos

Bastidores | Vasco 2 x 0 São Paulo | Brasileirão 2018

desenvolvido por: