Em 01/04/2018 às 22h28


Grato ao Vasco, Rafael Galhardo vê união como diferencial cruzmaltino

Por: Carlos Gregório Júnior

CT das Vargens, Rio

Os problemas de contusão e suspensão enfrentados pelo Vasco da Gama na reta final do Campeonato Carioca obrigaram a comissão técnica a promover mudanças e observar o rendimento de outros jogadores na equipe titular. Um desses atletas é Rafael Galhardo. Contratado junto ao Cruzeiro no início da temporada, o lateral-direito começou jogando os dois últimos compromissos cruzmaltinos.

image
Rafael Galhardo jogou os 90 minutos contra o Botafogo- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Mesmo ainda não estando em plenas condições físicas, o jogador tem buscado compensar a falta de ritmo com muita dedicação dentro das quatro linhas. Contra o Botafogo, no domingo (01/04), Rafael Galhardo atuou durante os 90 minutos, algo que não acontecia desde 2016, quando ele ainda defendia as cores do Atlético Paranaense. Feliz com o momento, o lateral agradeceu ao técnico Zé Ricardo pela confiança.

- Para falar a verdade, eu estou bem cansado (risos). Já tinha muito tempo que eu não jogava uma partida inteira. Há três ou quatro jogos, eu nem pegava relação. Tinha vezes que eu até era relacionado, ia para a concentração, mas era cortado na hora de ir para o banco. Mesmo, não desanimei, segui trabalhando. Foi quando na semifinal o Zé me escolheu para jogar na lateral. Hoje consegui atuar 90 minutos e isso é um motivo de orgulho e felicidade para mim. Ano passado foi muito complicado, tive uma lesão muito séria, e até mesmo por isso ainda não estou com o melhor ritmo - declarou o camisa 2, que passou a temporada de 2017 quase inteira se recuperando de uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Ter a oportunidade de contribuir para uma temporada vitoriosa de um dos maiores clubes do país é algo bastante festejado por Rafael Galhardo. O jogador não esconde de ninguém a gratidão pelo Gigante da Colina, que o estendeu a mão no momento de maior dificuldade da sua carreira. Se o sucesso em 2018 depender do comprometimento e da união do grupo, o torcedor cruzmaltino pode ficar tranquilo. É o que garante o lateral-direito.

- Tudo isso que está acontecendo é fruto da nossa competência, com certeza. Nós trabalhamos demais. É um grupo excelente, que recebe muitas críticas e não se abala, continua fechado e se dedicando. É difícil falar em sorte quando se tem uma equipe como a nossa, que merece e merece muito conquistar coisas boas. Formamos uma família aqui no Vasco. Quando vence, vence todo mundo. Quando perde, perde todo mundo. Não há vilão ou salvador da pátria. Estamos juntos na luta por nossos objetivos - afirmou Rafael Galhardo.

image
Rafael Galhardo não esconde a gratidão pelo Vasco- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O próximo desafio do Vasco da Gama na temporada é a partida contra o Cruzeiro, válida pela segunda rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores. Derrotado na estreia pela Universidad de Chile, o Cruzmaltino duela com a Raposa em Belo Horizonte, às 21h45, no Mineirão. O objetivo? Somar os primeiros três pontos no Grupo 5 e iniciar uma arrancada rumo ao Tri da América.

Comente essa notícia

Videos

Maxí Lopez em São Januário

desenvolvido por: