Em 19/11/2017 às 21h02


Vasco é superado pelo Atlético Paranaense em Curitiba pelo Brasileiro

Por: Sarah Borborema e Carlos Gregório Jr

Arena da Baixada, Curitiba (PR)

image
Paulinho divide a bola com Jonathan- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O Vasco da Gama visitou o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo (19/11). O duelo terminou com vitória adversária, pelo placar de 3 a 1. O próximo compromisso na competição nacional será diante do Cruzeiro, no próximo domingo (26), às 17 horas, com mando de campo do time mineiro.

O JOGO

Atuando longe de seus domínios, o Vasco da Gama viu os donos da casa terem a primeira chance do duelo. Aos dois minutos, após desvio da defesa cruzmaltina, Fabrício ficou com a bola, carregou para o meio e finalizou. A bola bateu na zaga e rolou pela linha de fundo. O time de São Januário respondeu em um contra-ataque, com Nenê tabelando com Wagner, que cruzou na área e viu a última linha adversária afastar o perigo.

image
Jogadores vascaínos comemoram gol de empate na etapa inicial

Mais tarde, aos 15 minutos, a rede balançou pela primeira vez na Arena da Baixada. Guilherme cobrou escanteio para os paranaenses e Thiago Heleno pegou de primeira: Atlético-PR 1 x 0. O Vasco não se abateu e logo começou a buscar o seu tento para igualar o placar. Foi exatamente o que aconteceu, aos 17. Nenê bateu escanteio, o goleiro Weverton caiu para efetuar a defesa, mas o zagueiro Wanderson se antecipou para tentar o corte de cabeça e a bola foi parar no fundo da rede: VASCO 1 x 1.

Os adversários voltaram a ameaçar aos 24 minutos. Jonathan subiu pela direita, cruzou, Paulão desviou e a bola ficou com Éderson. O atacante chutou e a bola passou perto da meta de Martín Silva. O Atlético-PR seguiu tentando reverter o placar. Aos 41, Ederson recebeu um lançamento, passou por Gilberto e tentou ajeitar para finalizar, mas foi impedido pelo camisa 1 da Colina.

image
Wagner teve a chance de virar o jogo no segundo tempo

Na volta para o segundo tempo, a partida voltou a esquentar, em termos de finalização, aos 12 minutos. O Vasco conseguiu uma bela triangulação, Gilberto cruzou e Weverton subiu para ficar com a bola. Mais adiante, o Atlético-PR errou a saída de bola e Wagner ficou com a redonda na entrada da área. O meia bateu rasteiro e finalizou, levando perigo a meta do camisa 1 atleticano. Aos 18, Douglas Coutinho recebeu na entrada da área e finalizou: Atlético-PR 2 x 1.

Quando o cronômetro marcava 23 minutos, o adversário ampliou a vantagem. Felipe Gedoz cobrou escanteio e Fabrício subiu para cabecear e concluir no fundo da rede: Atlético-PR 3 x 1. O Gigante da Colina respondeu aos 27, quando Nenê abriu pela esquerda para a subida de Paulinho. O jovem atacante ganhou na velocidade e cruzou, mas a defesa atleticana trabalhou para afastar o perigo.

image
Henrique puxa jogada de ataque do Gigante- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Buscando reverter a desvantagem no marcador, o Vasco chegou mais uma vez. Quando Pikachu recebeu de Nenê, bateu rasteiro e Weverton apareceu para defender. Aos 37, o time do Paraná respondeu. Eduardo Henrique recebeu passe de Jonathan, invadiu a área e chutou de bico, por cima do gol.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO (PR) 3 x 1 VASCO DA GAMA
Campeonato Brasileiro - 36ª rodada

Data/Horário: 19/11/2017, às 19 horas
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (CBF/SP)
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli (CBF/SP) e Daniel Luis Marques (CBF/SP)
Cartões amarelos: Jean (Vasco), Guilherme (Atlético-PR) e Wellington (Vasco)
Gols: Thiago Heleno (11’/1ºT - Atlético-PR), Wanderson (17’/1ºT - Vasco (contra)), Douglas Coutinho (18’/2ºT - Atlético-PR) e Fabrício (23’/2ºT - Atlético-PR)

ATLÉTICO (PR): Weverton, Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Matheus Rossetto, Lucho González (Eduardo Henrique), Douglas Coutinho, Guilherme e Lucas Fernandes (Sidcley); Éderson (Felipe Gedoz). Treinador: Fabiano Soares.

VASCO DA GAMA: Martín Silva, Gilberto, Paulão, Breno (Rafael Marques) e Henrique; Jean (Evander), Wellington, Wagner (Yago Pikachu), Nenê e Paulinho; Andrés Ríos. Treinador: Zé Ricardo.

Comente essa notícia

Videos

#VascoNaCopinha2018: Dudu

desenvolvido por: