Em 08/03/2017 às 14h27


Colégio Vasco da Gama completa 13 anos de existência

Presidente Eurico Miranda promoveu uma solenidade no Ginásio Antônio Soares Calçada para festejar a especial data

Por: Carlos Gregório Júnior

O Vasco é tradicionalmente um clube que se preocupa com questões sociais. Desde que foi campeão carioca jogando com negros, em 1923, e quando teve o primeiro presidente mulato de uma agremiação esportiva no Rio, ao eleger Cândido José de Araújo, em 1904. No dia 08 de março de 2004, há 13 anos, o Gigante da Colina dava um passo enorme na educação esportiva, ao inaugurar o Colégio Vasco da Gama, escola de Ensinos Fundamental e Médio que funciona dentro de São Januário, exclusivamente adaptada para atletas do clube, com calendários especiais para treinos, competições e viagens.

image
Presidente Eurico Miranda puxa Casaca com alunos do Colégio Vasco da Gama- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Para comemorar esta importante data, o presidente Eurico Miranda promoveu uma solenidade no Ginásio Antônio Soares Calçada, popularmente conhecido como "Forninho", na tarde desta quarta-feira (08/03). Na ocasião, o fundador do Colégio Vasco da Gama destacou o DNA social do Gigante da Colina e frisou a importância da educação na vida de todos, principalmente daqueles que não terão um futuro no esporte.

- Hoje é um dia muito importante para o Vasco. O clube não tinha necessidade de ter uma escola aqui dentro, mas a educação é fundamental e prioridade para mim, por isso fundei essa escola. Todo mundo quer virar um Romário, um atleta de ponta, mas nem todos serão. O que nós procuramos é formar cidadãos. Aqui ensinamos civilidade, boas maneiras e, acima de tudo, disciplina. Para conseguir algo na vida é preciso ter disciplina e por isso atletas que faltam aulas e não querem estudar, não ficam no Vasco. A disciplina é fundamental - declarou o presidente vascaíno. 

A educação e formação através do esporte é uma dos principais objetivos da escola, totalmente administrada pelo clube. Alan Kardec, Alex Teixeira, Philippe Coutinho e Souza, que hoje brilham no exterior, são exemplos de jogadores que estudaram na escola cruzmaltina. Do atual elenco profissional, 12 jogadores passaram pelo Colégio Vasco da Gama: Jordi, Gabriel Félix, Alan Cardoso, Henrique, Luan, Andrey, Bruno Gallo, Douglas, Guilherme, Mateus Vital, Caio Monteiro e Thalles.

image
Alunos cantam hino do Vasco da Gama durante a solenidade- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Além do futebol, o Colégio Vasco da Gama atende atletas de outras modalidades: futsal, futebol feminino, basquete, atletismo, remo e paralímpico. É importante lembrar que não só de resultados esportivos vive a escola cruzmaltina. Nos últimos anos, alunos vêm sendo aprovados em universidades públicas e instituições militares. O trabalho sério de diretores e professores existe para garantir o futuro e a formação dos futuros defensores das cores do Vasco.



Comente essa notícia

Videos

Conheça o novo uniforme 1 do Vasco

desenvolvido por: