Em 30/09/2015 às 23h50


Vasco empata com o São Paulo e se despede da Copa do Brasil

Por: Carlos Gregório Júnior

Pelo  jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, o Vasco entrou em campo na noite desta quarta-feira (30/09) para enfrentar o São Paulo. No Maracanã, o Gigante da Colina não conseguiu o resultado necessário para carimbar seu passaporte para a semifinal. A partida terminou empatada em 1 a 1. 

Com a despedida do torneio, o Vasco voltará todas suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (04/10), às 11 horas, no Estádio Ressacada, em Florianópolis, o clube de São Januário enfrentará o Avaí pela 29ª rodada do campeonato nacional. 

O JOGO

Atuando dentro dos seus domínios, o Vasco partiu para cima do São Paulo com o objetivo de marcar os gols necessário para conquistar a classificação para a semifinal da Copa do Brasil. A primeira chance vascaína veio logo aos três minutos, com Herrera. Após cruzamento de Biancucchi, Riascos desviou e o argentino mandou para fora. Pouco tempo depois, aos nove, Anderson Salles cobrou falta e obrigou Rogério Ceni a fazer uma excepcional defesa.

image
Com dancinha, Riascos festeja gol marcado no Maracanã

Melhor em campo, a equipe de São Januário viu sua atuação ser coroada aos 17 minutos, quando Lucas fez um lindo desarme e lançou Riascos. O colombiano invadiu a área e chutou para boa intervenção do camisa 1 tricolor. O camisa 11 não desistiu e aproveitou o rebote para inaugurar o placar no Maracanã: VASCO 1 x 0. O jogo esfriou após o gol cruzmaltino. Apesar de ter mais posse de bola, o Gigante da Colina pouca coisa conseguiu produzir.

O mesmo pode ser dito em relação ao São Paulo, que buscou chegar com bolas alçadas para a grande área. A primeira finalização tricolor veio apenas aos 38 minutos, com Alexandre Pato. O atacante recebeu de Centurión e arrematou para boa defesa de Jordi. Alguns minutos antes, aos 34, Serginho fez boa jogada pela direita, mas foi infeliz no momento do cruzamento. O segundo tempo começou da mesma forma que a etapa inicial, com o Vasco pressionando.

image
Christianno foi uma boa opção ofensiva ao longo da partida

Aos dois minutos, Emanuel Biancucchi quase marcou o segundo. O camisa 10 bateu falta na entrada da intermediária e só não balançou as redes devido a um desvio providencial da barreira. Pouco tempo depois, Christianno fez grande jogada pela esquerda e rolou para Lucas. O volante pegou mal na bola e desperdiçou uma boa oportunidade. Quem também não conseguiu balançar as redes foi Alexandre Pato. Aos 11, ele arriscou e Jordi espalmou para escanteio.

Reforçado pelas entradas de PH Ganso e Bruno, o visitante chegou ao gol de empate aos 15 minutos. Na oportunidade, Ganso recuperou a bola e deu um bonito para Alexandre Pato. Sozinho na ponta esquerda, o atacante chutou cruzado e encontrou Centurión, que não desperdiçou: SÃO PAULO 1 x 1. Apesar do gol rival, o cruzmaltino não se abalou e quase passou à frente novamente com Jomar, aos 19. O zagueiro parou em Rogério Ceni.

Pensando na vitória, o treinador Jorginho colocou em campo os garotos Romarinho e Renato Kayzer. O primeiro quase balançou as redes aos 32 minutos. Após cobrança de escanteio de Anderson Salles e corte da zaga, o camisa 18 dominou no peito e arriscou. A bola tirou tinta da trave esquerda de Rogério Ceni. O camisa 1 tricolor voltou a aparecer aos 39, dessa vez em finalização de Renato Kayzer.

FICHA TÉCNICA
VASCO DA GAMA 1 x 1 SÃO PAULO
Copa do Brasil- Quartas de final- Jogo de Volta

Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)
Público presente: 6.237 torcedores Público pagante: 5.674 torcedores Renda: 202.390,00 reais
Gols: Riascos (17' do 1º tempo); Centurión (15' do 2º tempo).
Cartões amarelos: Lucão e Thiago Mendes (São Paulo); Riascos (Vasco).

VASCO:
Jordi, Jean Patrick, Jomar, Anderson Salles e Christianno; Guiñazu, Serginho, Lucas e Emanuel Bianchucchi (Romarinho); Riascos (Renato Kayzer) e Herrera (Rafael Silva). Treinador: Jorginho.

SÃO PAULO:
Rogério Ceni, Lyanco (Paulo Henrique Ganso), Rodrigo Caio, Lucão e Reinaldo; Thiago Mendes, Wesley, Carlinhos (Hudson) e Centurión; Wilder (Bruno) e Alexandre Pato. Treinador: Juan Carlos Osorio.

Comente essa notícia

Videos

Bastidores | Vasco 2 x 0 São Paulo | Brasileirão 2018

desenvolvido por: