Em 04/07/2015 às 22h58


Vasco é superado pela Chapecoense na Arena Condá

Com dois a menos, Vasco sofre pressão e perde por 1 a 0

Por: Matheus Alves

Pela 11º rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco foi derrotado pela Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá. O resultado negativo deixa o clube na 18º posição com 9 pontos. 

O Jogo

Com forte desempenho em sua casa, a Chapecoense atuou em um ritmo bastante forte durante toda a primeira etapa. Buscando o gol, a equipe da casa alternou jogadas pelas laterais para tentar furar a zaga do Vasco.

Os primeiros minutos foram de pressão. O Gigante da Colina até que começou finalizando bem, com Riascos, de fora da área, mas foi o time de Santa Catarina que levou mais perigo em suas chances. Aos 3 minutos, em cruzamento da esquerda, a bola sobra para Camilo, sozinho, que demora para finalizar e é bloqueado pela defesa. Na sequência, Bruno Rangel tenta de bicicleta, mas a bola vai para fora.

image
Riascos teve boas chances no primeiro tempo - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Apostando no contra-ataque, o Vasco chegou bem aos 16. Riascos recebe  na área, mas acaba desarmado na hora da conclusão. Para desafogar a defesa, que estava sendo pressionada, o Cruzmaltino arriscou mais. Aos 19, foi a vez de Christianno invadir a área com perigo e chutar forte, assustando o goleiro Danilo. No lance seguinte, Júlio César tentou de fora da área, mas parou no camisa 1 da Chapecoense. 

Aos 27 minutos, os vascaínos levaram um susto. Escanteio cobrado na área do time carioca, Rafael Lima tenta de cabeça, e Charles faz a defesa em dois tempos. Apesar do maior domínio de posse de bola, a Chapecoense não conseguiu marcar e a primeira etapa terminou empatada em 0 a 0.

image
Serginho teve boa movimentação no primeiro tempo - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Com dois a menos, Vasco não segura a Chapecoense

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, o lateral-esquerdo Christianno foi expulso após puxar Camilo, que ia ficar cara a cara com o goleiro Charles. Com um a menos, o técnico Celso Roth, que já havia mexido no intervalo, colocando Jhon Cley no lugar de Emanuel Biancucchi, tirou Gilberto para colocar o volante Lucas, dando mais segurança ao setor defensivo. 

image
Guiñazu recebeu cartão amarelo no segundo tempo - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Após a expulsão do lateral, o Vasco se fechou atrás e foi pressionado durante toda a segunda etapa. A Chapecoense demorou, mas conseguiu furar a defesa. Aos 29, Camilo cruza, Neto intercepta, arma e faz de bicicleta o gol do time da casa. Chapecoense 1x0 Vasco.

Sem poder ofensivo, o Gigante da Colina não conseguiu ter oportunidades de gol, garantindo a vitória dos catarinenses pelo placar de 1 a 0. Na etapa final do segundo tempo, o meia Jhon Cley também recebeu cartão vermelho e fica de fora do próximo jogo contra o São Paulo.

FICHA TÉCNICA – CHAPECOENSE 1X0 VASCO

Local: Arena Condá - Chapecó, SC
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)  
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Marcio Eustaqui Santiago (MG)
Público total: 4.349 
Renda: R$ 57.810,00
Cartões amarelos: Bruno Rangel (Chapecoense) / Guiñazu e Jhon Cley (Vasco)
Cartões vermelhos: Christianno e Jhon Cley (Vasco)
Gol:  Neto (29'/2º tempo - Chapecoense)
Chapecoense: Danilo, Apodi, Rafael Lima, Neto e Dener; Bruno Silva (Roger), Elicarlos (Wagner), Cleber Santana, Hyoran (Maranhão) e Camilo; Bruno Rangel. Técnico: Gilson Kleina 
VASCO: Charles, Madson, Aislan, Anderson Salles e Christianno; Guiñazu, Serginho, Júlio César e Emanuel Biancucchi (Jhon Cley); Riascos (Thalles) e Gilberto (Lucas). Técnico: Celso Roth

Comente essa notícia

Videos

Bastidores | Vasco 2 x 0 São Paulo | Brasileirão 2018

desenvolvido por: