C. R. Vasco da Gama

Escudo - Vasco da Gama

Notícias

Brasileirão 2011

Vasco vence Avaí por 2 a 0 em São Januário

Com grande atuação de Felipe, Vascão triunfa e dorme na liderança

19/11/2011 - 21h19

© Marcelo Sadio/Vasco.com.br

Felipe marcou o primeiro gol do Vasco

Com o apoio da torcida que lotou São Januário, o Vasco venceu o Avaí por 2 a 0 neste sábado (19/11), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Felipe e Elton.

Com o resultado, o Gigante da Colina chegou aos 65 pontos, mas permanece na segunda colocação da tabela, já que o Corinthians também venceu na rodada. A equipe paulista segue na liderança do campeonato, agora com 67 pontos.

O jogo

Gigante da Colina pressiona, mas esbarra em Moretto

O Vascão entrou em campo com a volta de Rômulo e de Juninho Pernambucano e deixou o esquema com três volantes, adotado nas últimas duas partidas, de lado, com Rômulo, Felipe, Juninho e Diego Souza formando o meio de campo. Eder Luis e Elton fizeram a dupla de ataque. Jumar mais uma vez atuou pela lateral-esquerda. O Avaí teve três jogadores fora do jogo, Gian por contusão e Caçapa e Fernandinho por suspensão.

Com São Januário completamente lotado pela torcida, que empurrou o time sem parar um segundo, o Trem-Bala da Colina começou veloz em busca do gol. O Maestro Felipe, como sempre, regia o meio de campo e deu uma passe espetacular para Elton, dentro da área, mas o atacante não conseguiu dominar a bola.

O Vascão teve mais uma oportunidade em jogada individual do camisa seis. Ele driblou dois adversários e chutou cruzado, com a bola passando na frente de Elton e Eder Luis, que não a alcançam. 

Aos nove minutos, Eder Luis recebeu lançamento de Fagner pela direita, aplicou uma meia-lua no marcador e entrou na área. Porém, o camisa sete foi fominha ao optar por finalizar ao invés de tocar para Elton, perdendo a ótima chance de abrir o placar.

Muito superior na partida, o Cruz-Maltino controlava no meio de campo com a dupla Felipe e Juninho. Após troca de passes envolvente na intermediária, Diego Souza tocou para o veloz Eder Luis entrar na área e, assim como no lance anterior, optar por chutar no gol.

Na jogada seguinte, Diego Souza partiu em velocidade em contra-ataque rápido e Junior Urso o puxou pela camisa para parar o lance. O jogador recebeu o seu segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Com um a mais no gramado, o Vascão passou a pressionar ainda mais o Avaí.

Aos 26 minutos, Eder Luis partiu em mais uma investida pela direita e tocou para Diego Souza. O camisa dez da Colina limpou o marcador e finalizou forte, de canhota, para grande defesa do goleiro Moretto, que fazia sua estreia pela equipe de Florianópolis.

Para recompor o seu setor defensivo, o técnico interino, Edson Neguinho, promoveu a entrada de Marcos Paulo no lugar de Cleverson. O Trem-Bala pouco se importou e continuou pressionando. Diego Souza ajeitou a bola para o lateral-direito Fagner puxar para a esquerda e soltar uma bomba para fora, à esquerda da baliza de Moretto.

Todo no ataque, o Gigante da Colina insistia em jogadas de linha de fundo, principalmente com o meia Felipe, mas a zaga sempre conseguia se livrar do sufocou. O Avaí, por sua vez, ficava encolhido para encaixar bons contra-ataques.

Elton, aos 39 minutos, recebeu lançamento do Reizinho, dominou a bola de costas para o gol, dentro da área, e ajeitou para Diego Souza chegar batendo forte de primeira para mais uma grande defesa de Moretto, que se destacava na partida.

O goleiro adversário ainda salvou sua equipe no último lance da primeira etapa. Juninho Pernambucano cobrou falta rápida para Felipe aberto pela esquerda. O Maestro limpou a marcação e tocou para Diego Souza dominar e finalizar forte para mais uma grande defesa de Moretto, que espalmou para fora.
 

Felipe desequilibra e Vascão supera Moretto

O Avaí voltou ainda mais defensivo com a entrada de Daniel no lugar do meia Lincoln. O Vascão, por sua vez, continuou martelando o adversário em busca do primeiro gol. Em dois minutos da segunda etapa, o Gigante da Colina teve três oportunidades de abrir o placar. Na mais perigosa, Elton fez o pivô e ajeitou para Eder Luis chegar batendo para fora.

Aos cinco minutos, o Cruz-Maltino finalmente superou o adversário. Juninho Pernambucano carregou a bola pelo meio e tocou para Felipe. O Maestro, com sua habilidade, deixou o marcador na saudade e finalizou de trivela, com extrema categoria, colocando a bola no ângulo, um golaço na Colina Histórica que ferveu.

Logo depois quase o Vascão ampliou. Juninho entrou pela direita e chutou cruzado e a bola passa na frente do gol, e Elton se estica todo, mas não consegue chegar para empurrar para a rede. Minutos depois uma jogada parecida. Fagner arrancou, cruzou e a zaga desviou com muito perigo.

Felipe faz nova jogada individual e toca para Eder Luis finalizar à esquerda do gol. Aos 12 minutos, quase o Maestro fez o seu segundo gol. O camisa seis recebeu de Diego Souza e chutou de bico para mais uma grande defesa de Moretto.

Eder Luis sentiu a perna e foi substituído por Bernardo, que logo no seu primeiro, aos 20 minutos, lance cruzou para o atacante Elton cabecear firme, marcando o segundo gol do Vascão na Colina Sagrada.

Com a vantagem, o Vascão continuou a pressionar o adversário, mas sem tanta impetuosidade como antes, diminuindo o ritmo voraz de antes. Juninho Pernambucano, por cansaço, saiu para a entrada de Allan.

Felipe tabelou com Elton dentro da área, chegou antes do goleiro e deu um toque por cima dele para a bola chegar em Alecsandro, mas a zaga conseguiu se antecipar, afastando o perigo  com um chutão para frente.

Aos 43 minutos, Elton roubou a bola do goleiro Moretto e a colocou no fundo da rede, mas o árbitro anulou o tento por considerar falta do camisa 39 no lance. Foi a última jogada de perigo do jogo que terminou feliz para a torcida cruzmaltina.
 

Próximos jogos:

O Vasco recebe em São Januário nesta quarta-feira (23), pela semifinal da Copa Sul-Americana, o Universidad de Chile, às 21h 50. Pelo Campeonato Brasileiro, irá enfrentar o clássico diante do Fluminense no domingo (27), às 17h.

 

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 0 AVAÍ

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 19/11/2011 - 19h (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)
Auxiliares: José A. Chaves Franco Filho (RS) e José Javel Silveira (RS)
Cartões amarelos: Rômulo (VAS)
Cartão vermelho: Junior Urso, 20'/1ºT (AVA)
Gols: Felipe, 5'/2ºT (1-0); Elton, 20'/2ºT (2-0)

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Renato Silva e Jumar; Rômulo, Juninho (Allan, 31'/2ºT), Felipe e Diego Souza (Alecsandro, 29'/2ºT); Eder Luis (Bernardo, 20'/2ºT) e Elton. Técnico: Cristovão Borges (interino).

AVAÍ: Marcelo Moretto, Diogo Orlando (Jhonny, 31'/2ºT), Dirceu, Cássio e Léo Campos; Bruno Silva, Júnior Urso, Lincoln (Daniel, intervalo), Robinho e Cleverson (Marcos Paulo, 28'/1ºT); Willian. Técnico: Edson Neguinho (interino).

Outras Notícias