C. R. Vasco da Gama

Escudo - Vasco da Gama

Notícias

De cara nova, Vasco vence o Friburguense por 2 a 1

07/04/2013 - 20h30

Para ganhar confiança, o Vasco entrou em campo, neste domingo (07), às 18h30, em São Januário, contra a equipe do Friburguense, em jogo válido pela quinta rodada da Taça Rio 2013. Em campo, o Cruzmaltino jogou bem e venceu por 2 a 1. Com o resultado, o Vascão foi a quatro pontos, subindo para a sétima colocação do Grupo A. Agora, o Gigante da Colina volta a campo no próximo sábado (13), quando enfrentará a equipe do Quissamã, em São Januário, às 16h, pela sexta rodada.

 

O Jogo

Vasco abre o placar, mas cede empate no fim

Sem mais pretensões na Taça Rio, o técnico Paulo Autuori decidiu escalar o Vasco para testar alguns jogadores, visando às próximas competições que o Gigante vai disputar. Mesmo assim, o Gigante foi para cima do Friburguense e, aos três minutos, Tenório, Romário e Nei fazem boa troca de passes, mas, na hora de chutar, Romário foi desarmado. Aos 11, Nei cruzou para Tenório, mas a zaga adversária afastou.

 

Aos 14, após cobrança de escanteio rápida, Diego Guerra cabeceou forte na trave. Dois minutos depois, o atacante Luan acabou cometendo falta ao disputar a bola na área do Friburguense. Após a parada técnica, aos 20 minutos, o Vasco voltou melhor e, depois de uma boa troca de passes entre Fellipe Bastos e Tenório, o meia vascaíno cruzou para Pedro Ken, que cabeceou para o gol, mas a bola acabou batendo nas costas do zagueiro e saiu em escanteio.

 

Na sequência, o atacante Rômulo roubou a bola no campo de ataque, mas chutou fraco, para a fácil defesa do goleiro Michel Alves. Aos 24, após bom chute do meia Bernardo, de fora da área, “El demolidor” Tenório pegou o rebote e bateu de primeira, abrindo o placar para o Gigante. Aos 28, quase Tenório marca seu segundo gol. Romário avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área, onde estava o camisa 11 vascaíno, que dominou e bateu para o gol, mas o goleiro Adilson fez a defesa.

 

Aos 29, Marcelo recebeu de frente para a área e bateu forte para a boa defesa de Michel Alves, que tirou de soco. Seis minutos depois, Lucas recebeu, dominou e bateu de fora da área, sem chances para o goleiro do Vasco, empatando para o Friburguense. Em resposta, Fellipe Bastos avançou pela direita e bateu muito forte, mas a bola acabou saindo em tiro de meta. Aos 40, Yotún lançou Tenório na área, que bateu novamente de primeira, mas Adilson fez boa defesa. Quase o Vascão marcou.

 

Aos 44, Bernardo fez boa jogada individual e tocou para o lateral Nei, que chegou batendo forte, mas a bola saiu em tiro de meta. Em resposta, Lucas avançou e bateu para o gol, mas a bola não levou perigo. No minuto seguinte, sem acréscimos, o árbitro Estevão Cunha da Trindade encerrou o primeiro tempo.

 

Vasco melhora e vence o jogo
Com Elsinho no lugar de Yotún, o Gigante voltou com a mesma vontade da primeira etapa e, logo aos dois minutos, Tenório, após ótimo passe de Pedro Ken, dominou na cara do goleiro Adilson e bateu para o gol, mas o goleiro do Friburguense mandou para escanteio. Aos cinco, Flavinho cruzou da direita, mas Nei se antecipou e chutou em cima de Ziquinha, ganhando tiro de meta.

 

Aos nove, Elsinho tentou lançar Pedro Ken, mas a bola acabou saindo forte demais. Aos 16, Bernardo recebeu dentro da área, driblou a marcação e bateu firme para a boa defesa de Adilson. No rebote, Thiaguinho dominou e chutou forte, mas a bola desviou na zaga e saiu em escanteio. Aos 19, Thiaguinho, de novo, pegou a sobra na área e dividiu com o goleiro do Friburguense. Em seguida, a zaga afastou o perigo.

 

Aos 20, Bernardo recebeu de frente para a área, ajeitou a bola e bateu muito forte, mas o goleiro Adilson fez uma ótima defesa. Quase o segundo gol do Gigante. Três minutos depois, Bernardo, de novo, bateu colocado de fora da área e quase surpreendeu o goleiro Adilson, mas a bola saiu em tiro de meta. Aos 30, Fellipe Bastos tocou para Thiaguinho, que bateu de primeira, mas a bola explodiu na zaga e saiu em escanteio.

 

No minuto seguinte, Bernardo deu um belo passe para o garoto Romário. O atacante do Gigante passou pelo marcador e bateu na saída do goleiro Adilson, que desviou a bola para escanteio. Aos 34, Marcelo se aproveitou de uma bola dividida na área do Vasco, pegou o rebote e bateu forte, mas Michel Alves estava atento e praticou a defesa. Aos 37, Thiaguinho driblou a zaga do Friburguense e tocou para Dakson, que recebeu na área e, em seu primeiro toque na bola, bateu para o gol, sem chances para o goleiro Adilson. 

 

Aos 45, Elsinho fez uma ótima jogada individual e bateu para o gol, mas Adilson mandou a bola para escanteio. No mesmo minuto, o lateral Nei teve que deixar o gramado, pois o número de sua camiseta acabou descolando, após uma dividida. E, sem número, não pode permanecer em campo. Com isso, Nei trocou de camisa com Fellipe Bastos, que estava no banco, e pode voltar ao campo. Três minutos depois, o árbitro encerrou a partida.

 

Próximo jogo

Agora, o Gigante da Colina volta a campo no próximo sábado (13), quando enfrentará a equipe do Quissamã, em São Januário, às 16h, pela sexta rodada da Taça Rio 2013.

 

Ficha Técnica
VASCO 2 X 1 FRIBURGUENSE

 

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 07/04/2013 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Estevão Cunha da Trindade
Auxiliares: Francisco Pereira de Sousa e Gilberto Stina Pereira
Gols: Tenório, 24/1ºT (1-0); Lucas, 35/1ºT (1-1); Dakson, 37/2ºT (2-1);

 

VASCO: Michel Alves, Nei, Luan, Renato Silva e Yotún (Elsinho, intervalo); Fellipe Bastos (Dakson, 36/2ºT), Sandro Silva, Pedro Ken e Bernardo; Tenório (Thiaguinho, 16/2ºT) e Romário. Técnico: Paulo Autuori.

 

FRIBURGUENSE: Adilson, Sergio Gomes, Cadão, Diego Guerra e Flavinho; Bidu, Lucas, Marcelo e Jorge Luiz (Tufi, 15/2ºT); Ziquinha (Douglas, 14/2ºT) e Rômulo (Lohan, 41/2ºT). Técnico: Gerson Andreotti.

Outras Notícias