C. R. Vasco da Gama

Escudo - Vasco da Gama

Notícias

Com campo encharcado e Alessandro expulso, Vasco é derrotado

03/04/2013 - 21h25

Na noite desta quarta-feira (03), Vasco foi ao estádio Raulino de Oliveira, às 19h30, enfrentar o Botafogo. O clássico completa 90 anos em 2013. Em campo, o Cruzmaltino foi derrotado por 3 a 0. Com o resultado, o Vascão caiu para a última colocação, com um ponto. Agora, o Gigante da Colina volta a campo no próximo domingo (07), quando enfrentará a equipe do Friburguense, em São Januário, às 18h30, pela quinta rodada da Taça Rio 2013.

O Jogo
Com gramado encharcado, primeiro tempo não sai do zero

O Vasco, precisando da vitória e incentivado pela torcida vascaína que lotou o Raulino de Oliveira, partiu para cima do Botafogo. Com um minuto de jogo, Carlos Alberto tentou armar o ataque, mas a bola parou na poça d’água. Na sequência, em contra-ataque, Lodeiro tentou invadir a área, mas Dedé fez o corte. Aos seis, Carlos Alberto tocou para Tenório, que girou sobre a marcação e deu um belo passe de três dedos para Wendel. O lateral do Gigante cruzou, mas a zaga do Botafogo afastou o perigo.

 

No minuto seguinte, após cobrança de falta, Tenório afastou de cabeça e Fellype Gabriel pegou de primeira, mas a bola saiu em tiro de meta. Aos 10, em novo contra-ataque, Fellype Gabriel tentou o cruzamento para Bruno Mendes, mas Dedé chegou firme e fez o corte. Em seguida, Sandro Silva fez boa jogada e sofreu falta na entrada da área. Na cobrança, Fellipe Bastos bateu forte e colocado, mas a bola desviou na barreira e saiu em escanteio.

 

Após um início truncado, o Gigante passou a atacar mais e melhorou na partida, porém o gramado molhado atrapalhou diversas jogadas ofensivas. Após a parada técnica, o técnico Paulo Autuori pediu para Wendel e Eder Luis pressionarem mais a saída de bola do Botafogo, e foi o que aconteceu. Aos 22, após boa jogada de Wendel, que driblou o zagueiro e cruzou, a zaga do Botafogo afastou o perigo. Aos 25, Bruno Mendes foi lançado, mas a marcação vascaína chegou forte e Renato Silva fez o corte. Aos 31, Renato Silva saiu da zaga, ganhou a bola para o Vasco no meio campo e tentou puxar um contra-ataque, mas acabou desarmado.

 

Aos 33, Lodeiro cobrou falta direta para a área e o goleiro Alessandro subiu e segurou firme a bola. Em seguida, aos 36, Lodeiro invadiu a área e, após um bate rebate, Alessandro fez duas boas defesas, salvando o Vascão. Aos 44, Carlos Alberto fez boa jogada individual, passou por Gabriel, mas foi derrubado em seguida. Na cobrança da falta, Fellipe Bastos mandou uma bomba, mas a bola saiu em tiro de meta. Na sequência, o árbitro Luis Antonio Silva dos Santos encerrou a primeira etapa.

 

Alessandro é expulso e Botafogo vence o jogo

Sem mudanças, o Vasco voltou com tudo para o segundo tempo. Logo aos três minutos, Eder Luis recebeu a bola pela direita e cruzou, mas Jefferson saiu bem do gol e ficou com a bola. Aos seis, após cobrança de escanteio, Dedé se antecipou e cabeceou com muito perigo, mas a bola saiu em tiro de meta. Aos oito, após cobrança de escanteio para o Botafogo, Bruno Mendes desviou para a ótima defesa do goleiro Alessandro, mas, no rebote, Rafael Marques abriu o placar.

 

Em resposta, Carlos Alberto dominou na entrada da área e bateu cruzado, mas a bola saiu raspando a trave. Aos 10, Tenório tocou para Eder Luis, que tabelou com Sandro Silva e saiu na cara do goleiro Jefferson, que ficou com a bola. Aos 13, após cruzamento de Julio Cesar pela esquerda, Alessandro fez boa defesa, mas, de novo, no rebote, Lodeiro ampliou o placar. No minuto seguinte, Bernardo lançou Tenório, que ganhou da marcação e finalizou para a boa defesa de Jefferson.

 

Aos 16, após contra-ataque do Botafogo, o goleiro Alessandro acabou tocando com a mão na bola, em dividida com Bruno Mendes. Com isso, o árbitro o expulsou. Na cobrança de falta, Lodeiro mandou muito longe, sem perigo para Michel Alves, que entrou no lugar de Tenório. Aos 27, Rafael Marques tentou achar Bruno Mendes na área do Vasco, mas a zaga do Gigante afastou o perigo. Em seguida, Rafael Marques lançou Bruno Mendes, que tocou para Fellype Gabriel marcar o gol.

 

Aos 31, Carlos Alberto tabelou, mas, na hora de chutar, foi desarmado. Aos 35, Rafael Marques tentou armar o ataque, mas a zaga do Vasco fez o corte. Aos 43, Lodeiro recebeu na entrada da área e isolou a bola. Aos 45, sem nenhum acréscimo, o árbitro Luis Antonio Silva dos Santos encerrou a partida.

 

Próximo jogo

Agora, o Gigante da Colina volta a campo no próximo domingo (07), quando enfrentará a equipe do Friburguense, em São Januário, às 18h30, pela quinta rodada da Taça Rio 2013.

 

Ficha Técnica
VASCO 0 X 3 BOTAFOGO

 

Local: Raulino de Oliveira, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 03/04/2013 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massarra dos Santos
Cartões amarelos: Sandro Silva, Yotún (VASCO); Bolívar (BOTAFOGO)
Cartões vermelhos: Alessandro (VASCO)
Gols: Rafael Marques, 08/2ºT (0-1); Lodeiro, 13/2ºT (0-2); Fellype Gabriel, 27/2ºT (0-3);

 

VASCO: Alessandro, Nei, Dedé, Renato Silva e Yotún; Sandro Silva, Wendel (Bernardo, 11/2ºT), Fellipe Bastos e Carlos Alberto; Tenório (Michel Alves, 17/2ºT) e Eder Luis (Pedro Ken, 14/2ºT). Técnico: Paulo Autuori.

 

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas (Edílson, 39/2ºT), Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Fellype Gabriel (Henrique, 41/2ºT) e Lodeiro; Rafael Marques (Vitinho, 37/2ºT) e Bruno Mendes. Técnico: Oswaldo de Oliveira. 

Outras Notícias