C. R. Vasco da Gama

Escudo - Vasco da Gama

Notícias

Vasco pressiona, mas não evita derrota para o Bangu

03/02/2013 - 21h25

O Vasco encarou, na noite deste domingo (03), a equipe do Bangu, no estádio de São Januário, pela quinta rodada da Taça Guanabara 2013. Em campo,o Cruzmaltino pressionou bastante, mas foi derrotado por 1 a 0. Com o resultado o Vascão caiu para a segunda colocação do grupo A, permanecendo com 9 pontos. Agora, o Gigante a campo no próximo sábado (09), quando jogará o clássico contra o Fluminense, no estádio do Engenhão, às 17h, pela sexta rodada da Taça Guanabara.

O jogo
Vasco joga melhor, mas não sai do zero

O Vasco começou partindo para cima e, em menos de três minutos, sofreu duas faltas. Mas, em ambas as cobranças, a bola acabou saindo em tiro de meta. Aos 12, após cruzamento de Eder Luis, Tenório subiu e cabeceou forte, a bola passou muito perto do gol. Cinco minutos depois, Eder Luis tentou lançamento, mas a zaga do Bangu afastou.

Aos 21, após cruzamento, o atacante Alexandro dominou e bateu de primeira para a ótima defesa do goleiro Alessandro. Aos 24, Tenório arriscou de fora da área, levando perigo ao goleiro Getúlio Vargas. Seis minutos depois, após boa troca de passes do Vasco no ataque, o volante Abuda decidiu arriscar, mas a bola acabou subindo e saiu em tiro de meta.

No minuto seguinte, Tenório recebeu lançamento, mas o goleiro Getúlio Vargas chegou antes e afastou o perigo. Aos 38, após boa jogava individual do Demolidor Tenório, Eder Luis chutou forte para o gol, mas o goleiro do Bangu mandou para escanteio. Aos 42, Eudes tentou cruzar pela direita, mas a zaga vascaína afastou o perigo.

Aos 45, Tenório dominou e arriscou de fora da área, levando muito perigo ao gol do Bangu. Logo em seguida, o árbitro Maurício Machado Coelho encerrou a primeira etapa, onde o Vasco jogou melhor, tomou alguns sustos, com os ataques rápidos do Bangu, mas não conseguiu abrir o placar.

Vasco mantem pressão, mas não evita a derrota

Na volta para a segunda etapa, sem alterações, o Gigante foi em busca do gol. Aos cinco minutos, após cruzamento do estreante Nei, Bernardo ajeitou para Eder Luis, que chegou batendo, mas a zaga cortou. Em resposta, aos nove, Hugo, após boa jogada individual, invadiu a área e finalizou, a bola ainda bateu na trave e nas costas do goleiro Alessandro antes de entrar no gol, abrindo o placar para o Bangu.

Aos 12, em contra-ataque rápido, Eder Luis tocou para Bernardo, que chegou batendo de primeira, mas o goleiro Getulio Vargas fez uma ótima defesa, salvando o Bangu. Aos 18, Bernardo recebeu passe pela direita e chutou forte, mas a bola acabou subindo e passou por cima do travessão. Dez minutos depois, após boa jogada coletiva do Vasco, Eder Luis cruzou e Tenório cabeceou perigosamente para o gol, mas Getulio Vargas defendeu.

No minuto seguinte, Wendel arriscou de longe, mas a bola saiu em tiro de meta. Aos 33, após cruzamento, Tenório ajeitou de cabeça para Wendel, que bateu de primeira, mas a bola acabou indo para fora. Aos 43, após novo cruzamento, Leonardo cabeceou firme e a bola explodiu no travessão. No rebote, Leonardo cabeceou novamente, mas a bola saiu em tiro de meta. Por muito pouco o Vasco não empata o jogo. Quatro minutos depois, Dedé conseguiu cabecear, mas a bola saiu, novamente, em tiro de meta.

Após quatro minutos de acréscimo, o árbitro encerrou a partida. Com a derrota, o Vascão permanece com 9 pontos, caindo para a segunda colocação do grupo A, devido a vitória do Botafogo, que foi a 11 pontos, contra o Macaé.

Próximo Jogo
O Gigante da Colina volta a campo no próximo sábado (09), quando jogará o clássico contra o Fluminense, no estádio do Engenhão, às 17h, pela sexta rodada da Taça Guanabara.

Ficha Técnica
VASCO 0 X 1 BANGU

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 03/02/2013 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Mauricio Machado Coelho
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises e Ediney Guerreiro Mascarenhas
Cartões amarelos: André Ribeiro e Dakson (VASCO); André Barreto (BANGU);
Gols: Hugo, 09/2ºT (0-1);

VASCO: Alessandro; Nei, Dedé, André Ribeiro e Wendel; Fillipe Soutto (Dakson, 10/2ºT), Pedro Ken, Abuda (Leonardo, 32/2ºT) e Bernardo (Marlone, 19/2ºT); Eder Luis e Tenório. Técnico: Gaúcho.

BANGU: Getúlio Vargas; Celsinho, Raphael Azevedo, Carlos Renan e Bruno Santos (Guilherme, 41/2ºT); Ives, André Barreto, Araruama e Eudes; Hugo e Alexandro (Sérgio Júnior, 21/2ºT). Técnico: Cleimar Rocha.

Outras Notícias