C. R. Vasco da Gama

Escudo - Vasco da Gama

Notícias

Vascão goleia o Aurora por 8 a 3

26/10/2011 - 21h01

O Vasco é o time da virada. O elenco vascaíno que vive um grande momento no Brasileirão, também mostra sua garra na Copa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira (26/10), o Gigante da Colina alcançou classificação para as quartas de final do torneio internacional, ao derrotar a equipe do Aurora-BOL por 8 a 3, em São Januário. Os gols da partida foram marcados por Alecsandro (2), Leandro, Bernardo (2), Juninho Pernambucano, Douglas e Allan.

Na próxima fase da Sul-Americana o Vasco vai enfrentar a equipe do Universiario, do Peru. Antes deste desafio, os vascaínos voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro, já que encaram o São Paulo no domingo (30/10), em São Januário.

O JOGO

Empurrado pelo torcedor, que mais uma vez marcou presença em São Januário, o Vasco iniciou a partida pressionando a equipe do Aurora. Logo aos dois minutos, Fellipe Bastos cobrou falta e assustou o goleiro da equipe adversária. Melhor na partida, o cruzmaltino não demorou muito para abrir o placar. Aos nove minutos, Bernardo driblou dois defensores da equipe boliviana, mandou uma bomba e inaugurou o marcador na Colina histórica: Vasco 1 x 0.

O gol fez com a equipe Cochabamba abandonasse a defesa e saísse mais para o campo de ataque. Em uma dessas investidas, Andáveris ganhou de Douglas e acertou o ângulo de Fernando Prass, empatando a partida: Aurora-BOL 1 x 1.

A equipe cruzmaltina sentiu o gol e só voltou a assustar aos 35 minutos, quando Fellipe Bastos arriscou de longe, Lanz bateu roupa e Alecsandro finalizou em cima de Andaveris. Na sequência, após cruzamento de Juninho, o camisa 9 acertou a trave da equipe boliviana.

O Trem-Bala seguiu atacando e aos 38 minutos chegou ao seu segundo gol. Na oportunidade, Alecsandro aproveitou outro ótimo cruzamento de Juninho e mandou a bola para o fundo das redes: Vasco 2 x 1. Jogador mais participativo do Vasco até, Alecsandro voltou a fazer a diferença aos 44 minutos, quando aproveitou um excelente cruzamento de Julinho e aumentou a vantagem no Caldeirão: Vasco 3 x 1.

O Vasco retornou do intervalo com a mesma equipe que iniciou a partida e com a mesma postura. Logo aos três minutos, Fagner lançou Alecsandro e viu o camisa 9 servir Leandro, que mostrou oportunismo e marcou o quarto gol do cruzmaltino: Vasco 4 x 1.

Querendo permanecer na competição Sul-Americana, o Aurora partiu cima do Vasco e aos nove minutos quase diminuiu o placar com Andavéris. Após esse lance, o jogo esfriou um pouco e só voltou a esquentar aos 22 minutos, quando Fagner foi derrubado dentro da área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Juninho acertou o canto direito de Lanz e ampliou o marcador: Vasco 5 x 1.

O Aurora, que a essa altura jogava através dos contra-ataques, fez seu segundo gol logo após o do cruzmaltino. Na oportunidade, aos 27 minutos, Peña cobrou pênalti com categoria e diminuiu o marcador: Aurora 2 x 5.

O gol, todavia, não diminuiu o ímpeto do Gigante da Colina, que aos 32 minutos fez mais um com Bernardo, que aproveitou ótimo passe de Juninho e marcou seu segundo gol na partida: Vasco 6 x 2.

O Trem-Bala seguiu em alta velocidade e aos 37 minutos balançou as redes de novo. Dessa vez quem deixou sua marca foi Douglas, que subiu mais que toda defesa da equipe boliviana e fez o sétimo: Vasco 7 x 2.

Na reta final, a torcida presente em São Januário ainda viu mais dois gols. Um do Aurora com Segovia, que aproveitou o vacilo da defesa vascaína e tocou na saída de Fernando Prass: Aurora 3 x 7. E outro do Vasco com Allan, que fez grande jogada e tocou na saída de Lanz: Vasco 8 x 3.

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Renato Silva, Douglas e Julinho (Jumar); Nilton, Fellipe Bastos, Juninho Pernambucano e Bernardo (Elton); Leandro (Allan) e Alecsandro. Técnico: Cristóvão Borges.

Outras Notícias