Barbosa - Moacir Barbosa Nascimento

Moacir Barbosa Nascimento

Moacir Barbosa Nascimento esteve no Vasco em dois períodos. De 1945 até 1955, foi em sua primeira passagem, e de 1958 até 1960, teve sua segunda aparição em São Januário. Barbosa nasceu em Campinas, e começou sua carreira em 1940 jogando como ponta esquerda no extinto Comercial da Capital, mas seguiu dois anos após, já como goleiro, para o Ypiranga de São Paulo. Em 1945 o goleiro chegou ao Vasco. Vale lembrar que o ídolo ingressou no time principal vascaíno em função de uma curiosidade. O goleiro Rodrigues que era o titular da posição na época, abandonou o futebol após ganhar na Loteria Mineira. O jogador ajudou a conquistar o título invicto do carioca de 45, e logo depois encerrou seu ciclo na Colina e no esporte. Tal período também foi importante por ser um momento muito especial na história do clube até hoje. Naquela ocasião estava sendo formado um dos maiores times de todos os tempos, o ??Expresso da Vitória??. Pelo Gigante da Colina Barbosa conquistou, entre 1945 e 1958, seis vezes o título carioca. Seu grande momento foi durante a conquista do 1º Sul-Americano de Clubes, onde na ocasião a equipe vascaína venceu de forma invicta. No último jogo da competição contra o River Plate (ARG), o goleiro teve grande atuação, mantendo o placar em 0 a 0 que deu o título ao Vasco. Jogando pela seleção o goleiro conquistou a Copa Roca, de 1945, duas vezes a Copa Rio Branco, nos anos de 1947 e 1950, além da Copa América de 1949. Mas todos esses títulos não foram capazes de livrar Barbosa de uma das maiores injustiças do futebol mundial. Na final da Copa do Mundo de 1950, o Brasil precisava apenas empatar com o Uruguai, mas acabou perdendo por 2 a 1 em pleno Maracanã, com isso Barbosa foi um dos mais criticados, e citado como o principal responsável pela derrota. Em 1962, o arqueiro encerrou sua carreira, atuando pela equipe do Campo Grande. É de suma importância destacar que Barbosa, depois de ter alcançado a importante marca de mais de 400 jogos pelo Gigante da Colina, se tornou um dos jogadores que mais jogaram pelo Vasco. Títulos conquistas no Vasco: Campeonato Carioca (1945, 1947, 1949, 1950, 1952 e 1958) Campeonato Sul-Americano de Campeões (1948) Torneio Quadrangular do Rio (1953) Torneio de Santiago do Chile (1953) Torneio Rio-São Paulo (1958).

Videos

Bastidores | Fluminense 0 x 1 Vasco | Brasileirão 2018

desenvolvido por: